Aplicativo nativo e Aplicativo Web (WebApp ou PWA): o que são e qual o melhor?


Com um processo complexo que envolve brainstorm, planejamento, projeto, desenvolvimento, teste e implantação, os aplicativos nativos e os aplicativos web são ferramentas úteis para os usuários. Mas com tantos benefícios, de ambos, fica difícil escolher com qual trabalhar, então para ajudá-lo a decidir qual é a melhor escolha, desenvolvemos este texto mostrando os prós e contras de cada um deles.


Diferenças básicas entre aplicativos nativos e aplicativos web

Do ponto de vista do usuário, os aplicativos nativos (baixados das lojas de aplicativos) e da web podem ser a mesma coisa e funcionar da mesma forma. Mas para um desenvolvedor a complexidade é maior, pois ele precisa criar uma ferramenta que proporcione a melhor experiência possível ao seu usuário, podendo se concentrar na criação de aplicativos nativos com melhor otimização ou um aplicativo web que pode ser baixado em um número maior de dispositivos.
Os aplicativos nativos são ferramentas que funcionam com recursos integrados ao sistema operacional de um dispositivo, estando disponíveis para download na loja oficial de aplicativos dos aparelhos. Por sua vez, os webApps ou PWA são aplicativos acessados via internet, sendo considerados aplicativos “não reais”, por não estarem disponíveis nas lojas do sistema operacional do dispositivo, sendo necessário a utilização de um navegador nativo, como o Safari, para baixá-lo. E isso é um grande diferencial em ambientes corporativos onde os Apps não podem ser publicados em lojas de aplicativos devido a seu conteúdo sensível e protegido por Compliance.

Ampliar imagem

O que é um aplicativo nativo?

Os aplicativos nativos são fáceis de baixar e utilizar. Por serem homologados por lojas como a App Store e Play Store, o usuário não precisa se preocupar com a compatibilidade e segurança que o aplicativo apresentará no seu dispositivo.

Características como funcionalidades e usabilidades se demonstram melhor em aplicativos nativos, pois eles funcionam integrados às configurações originais do dispositivo para o qual ele foi desenvolvido, mas para assegurar o bom funcionamento deste aplicativo é necessário manter o aplicativo e dispositivo sempre atualizados.

É difícil desenvolver um aplicativo nativo?

Para compor o catálogo de produtos das lojas de aplicativos, esses aplicativos são submetidos a um minucioso processo de avaliação, que pode ser bastante demorado para o desenvolvedor. Cada plataforma possui uma metodologia de desenvolvimento única, utilizando várias linguagens de programação, por exemplo, iOS utiliza Swift, Android usa Java e tem recentemente incorporado a linguagem Kotlin.

Se por um lado a utilização de linguagens específicas para cada plataforma é um problema na hora de desenvolver um aplicativo nativo, ela pode ser, também, uma solução, pois para garantir que o aplicativo esteja nos padrões exigidos, cada plataforma oferece ao desenvolvedor um kit específico de desenvolvimento de software (SDK), ferramentas de desenvolvimento e outros elementos de interface do usuário.

O que é um aplicativo web?

Os aplicativos web são apps executados externamente, dependendo exclusivamente de um navegador nativo pré-instalado no dispositivo, dessa forma os desenvolvedores não precisam enviar o aplicativo a uma loja de aplicativos para aprovação. Por não necessitar de uma aprovação prévia, os web apps podem ser lançados a qualquer momento e da forma que o desenvolvedor preferir.

É difícil desenvolver um aplicativo web? 

A manutenção de aplicativos web em várias plataformas é um desafio para o desenvolvedor, como ele não trabalha integrado às configurações de um  dispositivo móvel específico, ele precisa lidar com os recursos e as particularidades de vários dispositivos móveis e seus navegadores. Embora o desenvolvedor  não precise se esforçar para obter a aprovação de uma loja de aplicativos, não existe uma  autoridade reguladora que controle os padrões de qualidade do aplicativo desenvolvido.  

Por serem desenvolvidos para atender o maior número de dispositivos possíveis, os aplicativos da web utilizam linguagens como JavaScript, HTML 5, CSS3, a linguagem de programação multiuso, Python, também, vem sendo utilizada no desenvolvimento web e análise de dados. Ao contrário dos apps nativos, não existe um SDK padrão para o desenvolvimento de aplicativos web, o que possibilita a utilização de várias ferramentas e estruturas por parte dos desenvolvedores, ajudando-os a implantar os aplicativos em diversas plataformas e navegadores e com muito mais liberdade.

No fim das contas, não existe uma resposta certa para essa dúvida, o que o desenvolvedor e o cliente devem considerar na hora de decidir entre desenvolver um aplicativo nativo ou um aplicativo web, são os diversos fatores que estão sobre ele naquele momento e responder a algumas perguntas básicas como:

  • Qual é o orçamento disponível para o desenvolvimento?
  • O que devo priorizar?
  • Velocidade, desempenho ou monetização?
  • Tenho interesse no suporte de alguma plataforma?

Essas questões podem ajudá-lo a chegar a uma conclusão.  

Não importa qual seja a sua escolha final, pois o sucesso de seu aplicativo, seja ele nativo ou web, só será garantido na resolução do problema final do usuário, pois não adianta ter um aplicativo seguro ligado as configurações do aparelho, se o usuário procura por um app com menos funções pagas ou, talvez, o usuário tenha um aplicativo com uma gama de funções, mas que não roda bem no seu dispositivo. 

Pense bem em qual das duas formas beneficiará melhor o seu usuário e o seu  negócio, e faça a melhor escolha em investir em um aplicativo nativo ou web.

Ainda precisa de uma ajuda na decisão? Dá uma olhada no fluxo abaixo! 🙂

Ampliar imagem

categorias
tags
compartilhe
o conteúdo
Usamos cookies pra melhorar a sua experiência aqui no site, ao continuar navegando, você concorda com nossa política de privacidade.